Porque tem homem seminu nas capas de romance?

Quem nunca julgou um livro pela capa que atire a primeira pedra, não é mesmo? Julguei muito até eu me apaixonar pelas histórias que: de pessoa nua muitas vezes não tinha era nada.

Não encontrei nenhuma fonte segura que afirmasse de onde surgiu o costume de livros Young e New Adult, terem normalmente na capa com um belo homem de torso nu. Mas, percebi haver alguma resistência de algumas pessoas ao gênero por conta disso e o mesmo acontece com romances de banca, que sempre foram marginalizados e tratados como pornografia. E você sabe que isso advém do machismo e patriarcado? Mulheres não podiam ser autoras num passado não muito distante, século 19 e do início do século 20, elas usavam pseudônimos masculinos e suas histórias eram publicadas em folhetins e brochuras vendidas em bancas, livraria não era para elas.

E o que hoje chamamos de romance clichê tem muitas semelhanças com o romance de banca: são livros escritos (na maioria dos casos) por mulheres, tratam especificamente sobre amor e como esse sentimento pode ser transformador para ambos ou para o mocinho. Conflitos nesse desenvolvimento que podem levar a bad da mocinha ou de ambos, são livros que realmente as pessoas se entregam ao sentimento e se envolvem completamente com a pessoa que se torna redentora desse sentimento.

Um dos motivos das capas serem tão pouco desenvolvidas é o baixo custo que elas proporcionam, são facilmente encontradas fotos em banco de imagens de homens bonitos e bem vestidos (ou não) devendo elas sugerir que é uma publicação direcionada ao público feminino. Embora eles contenham cenas hot, não é nada que fuja da trama central da história e não tenham os plots que amamos.

O ditado de não julgar o livro pela capa é primordial aqui, eu sempre trago opiniões e resenhas de livros com essa capas e me surpreendi positivamente com a leitura, algumas autoras campeãs nesse tipo de capa e tem histórias ótimas são:

Meu Querido Meio-Irmão
Penelope Ward

⭐ ⭐ ⭐ ⭐ 

Não tem incesto nesse livro, importante ressaltar! Esse livro é o primeiro de uma série (que continua com Querido Vizinho e Jaded and Tyed, esse último não publicado em português), a história me prendeu completamente, li em poucas horas. A história inteira é intensa e real.

Vergonha
Brittainy C Cherry

⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ❤

Me faltam adjetivos para essa história, a Brittainy parece que pegou tudo que eu vivi e escreveu um livro. Morri de chorar mas passo bem ❤ Com amor ou sem, terminar um relacionamento já é muito difícil por si só, mas, sempre vai ter alguém para julgar e te colocar como errada na situação ou como alguém que não se esforçou para manter aquilo. Existe uma cobrança muito grande sobre as mulheres para manter seus casamentos e que quando estes terminam, ficamos maculadas por isso. É barra! Quando envolve religião então, meu pai!

Long Shot
Kennedy Ryan

⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ❤

Pode conter gatilhos para: violência, abuso sexual/psicológico e estupro.
É uma história pesada, então se você realmente tem sensibilidade com os gatilhos, não leia. Os pensamentos da personagem no final do livro são tão esclarecedores para quem não entende porque a vítima simplesmente não vai embora. Quem passa por uma situação de violência e vulnerabilidade vive uma realidade dura contra a família, a sociedade e principalmente, com o sistema.

Como é difícil para uma vítima falar sobre isso, não só com um amigo mas também com um profissional, como elas se sentem sujas e não merecedoras de apoio, muitas vezes. Não julgue nunca essas mulheres, ajude essas mulheres!

Nenhum Príncipe
Stevie J Cole e LP Lovell

⭐ ⭐ ⭐ ⭐ 

Demorei um pouco para me apegar a história e aos personagens, mas quando apeguei não queria mais largar. Amo histórias com personagens secundários marcantes, engraçados e Hendrix, o irmão de Zepp, é mais que engraçado. Uma pena Jonathan ter aparecido só no final, ele era TU-DO! Ótima leitura pra quem quer iniciar no dark e se acostumar com vândalos e o submundo.

Herdeiro Rebelde
Penelope Ward e Vi Keeland

⭐ ⭐ ⭐ ⭐

Faltou pouquíssimo para esse livro não ser um 5 estrelas do gênero. Ele tem uma continuação que se chama Coração Rebelde, tem bad boy, redenção, um plot que eu fiz MAS É O QUE?! E o melhor, as mocinhas dessas duas autoras nunca são coitadinhas quebradas, são sempre umas garotas fortes e destemidas, eu amo demais.

E você, já deixou de dar oportunidade para um livro pela capa? Ou, já se surpreendeu positivamente com um livro que tinha capa ruim? Me conta aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s